quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Choro

Good mornin'
gee, I've got tell you, man! I'm not me anymore...
let's stop playing, I'm playing all the time.
Dei agora pra dormir tarde, nunca quero deitar cedo, sinto que tenho q fazer as coisas, mas num faço nada. Ontem mesmo fui deitar às 2h e pouco da matina (hm..nasci a essa hora) e acordei feito zumbi as sete de la mañana. Fico acordada, lutando contra o sono, ouvindo Sade e .."I keep crying...". As músicas me tocam uma parte da minha alma que é extremamente sensível aos acordes, à letra, à melodia...música em geral mexe muito comigo, é como eu já disse, só a musica, a arte pode me ajudar, me libertar...eu quero pintar quadros, rostos, folhas, ruas, gente, o sete, tudo. Eu quero esuqecer que não sei amar e seguir o caminho do amor. Eu quero que ele me encontre e em ensine oq eu eu preciso saber. Eu quero parar de me preocupar com o que dizem de mim, parar de me entregar tão facilmente, parar de atuar na vida,...mas isso é pedir pra parar de ser eu, e de mim eunão posso abrir mão, eu não posso me abandonar, ao menos eu não posso me abandonar. Eu sei o que tenho e quem sou...guardo meus bens pra mim, porque ninguém me conhece e valoriza do jeito que eu mereço e preciso, ainda não apareceu o tal "coisa melhor" que tanto dizem que eu mereço...
O choro é meu único grito de vida, minha única reclamação, reivindicação, minha única fala ultimamente. às vezes estou perto de alguém e quero falar, me abrir, me revelar, mas a pessoa geralmente não é sensível o suficiente para captar minha necessidade de ouvido. Estou cansada de saber ouvir, quero saber falar.
e a memória....engraçado como esquecemos das coisas...outro dia mesmo eu era menina e a escola era todo meu mundo...de repente eu estou na Universidade e nem lembro como era a escola direito... e quando eu me formar, nem vou lembrar como era minha graduação, e não poderei contar aos meus descendentes (terei algum?!?). quando eu formar vai ser a mesma coisa da escola, amigos eram lá dentro, fora eu num tinha nada...ficarei só. è ainda pior na universidade, vc faz amizade com gente de todo canto, todo estado, e aí a gente forma e cada um segue seu rumo e acaba tudo...ainda tenho muitas lágrimas para isso.
ainda bem que hj nao darei aula, é só prova...Vou manter as aparências, é preciso, é preciso não incomodar os outros com meus problemas existenciais, quem se importa??
Bye.