Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 28, 2011

A felicidade ingênua minha

Eu só sou feliz até o momento exato em que vc pergunta se sou
porque quando há a pergunta
eu paro
calo
reflito
e já não sou feliz...

em todos os momentos antecessores deste mesmo
eu fui feliz
estou sendo agora
e não me pergunte se sou

porque aí tudo se esvai
e você me faz parar
pensar
refletir
e a realidade não é felicidade

é preciso que se viva assim, simplesmente
sem refletir
reflexão exige decisão e razão
e nada é bom assim
é só preciso sentir e viver

sou feliz até quando você me pergunta
porque evito parar pra pensar
penso, não... não mais existo
porque a felicidade plena está no não-saber que existo
e se penso
e se existo
é porque você interferiu no meu fluxo de felicidade
me interrompeu e
paradoxalmente
me pululou de felicidade racional...

...quando a felicidade ingênua minha
é simplesmente viver e sentir.