quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Tears for Fears

"I want to be with you alone
and talk about the weather..."
(Tears for Fears - "Head over Heels")

A medo é uma arma, um alerta; sem ele nos meteriamos em imensas encrencas. Tbm temos a dor como mecanismo de defesa. O ser humano gosta de saber de tudo e ter controle das coisas, ou, ao menos, gosta de ter a ilusão de que tem controle das coisas. Sobretudo controle upon the feelings. Tive um affair que confessou-me seu medo. Não precisaria; havia me avisado sobre nada de envolvimentos desde o início...já chorei muito por isso, mas agora tenho vontade de rir! Dío, medo de sentir? não é pra rir? Medo de sentir dor, ok; medo de sentir culpa, remorso, arrependimento, ok; medo de amar? Ficar com alguém que não se ama, por quem não se está apaixonado por medo da perda de controle dos sentimentos? não é ridículo? mecanismos masculinos, imaturos. Não, não, certos homens (senão todos!!) são sempre crianças... mas as crianças geralmente dão a cara a tapa, homens não. Ajem mesmo por instinto. Animais? não...os animais SÓ  tem o recurso od instinto, não tem escolha. Homens, humanos, apenas isso, homens.Os do sexo masculino mesmo, não metaforicamente homens abrangendo a raça humana. Soam ainda mais ridpiculos se se envergonham ante nossas críticas e tentam se explicar: embananam tudo mais ainda!

Sinceramente, estou com vontade de rir muito, mon Dieu, como pode?? pior é q a gente é muito ingênua e tende a cair nisso muitas e muitas vezes ao longo da vida. retiro o que disse: não somos ingênuas, somos gênias! Somos abertas, sem medo de sentir, de expressar-nos, de nos dar ao amor. Casar com alguém por quem não se esteja apaixonada? Impossible!! E as vezes nos dispomos a insistir, pensamos, tadinho, eu compreendo, tenho certeza ue posso ajudá-lo e ele mudará de ideia. Aí fracassamos, e por que? Por causa deles, eles não querem. No começo podemos ter um SENTIMENTO federal de inferioridade, nos sentirmos um lixo, não consegui, ele não me quis...compreenda minha cara, ele é um fraco!! Ele não quis!! Perdeu muito te rejeitando pelo conforto de um amorzinho café com leite, mamão com açúcar, blé!!

Eu tenho pena dos homens, mas ainda assim acredito no amor mútuo, acredito q tem hora que ele é irresistível. E se vc resiste a ele, mais medo e dor pra vc, arrependimento talvez ate o fim de seus dias... já desejei que eles se ferrer, isto é, se ferrem, mas pra q, é de dar dó, só me resta a pena. Quem tem muito não valoriza: muito dinheiro, muito acesso a tudo e a todos, muita liberdade, faz o que quer. Limites são bons...reclamo dos meus, mas de certa forma, como no caso do financeiro, me mantém longe de dsperdício e LUXÚRIA...mimo, muitos homens são mimados: dede crianças tendo tudo o que queriam, todos os desejos satisfeitos. E esses desejo continua, é insaciável, por isso pode se refletir na idade adulta nos gastos excessivos, nos muitos amantes, na vida libertina.

quem sou eu pra dizer qualquer coisa, diriam alguns...eu sou alguém, uma cidadã com um espaço virtual para falar o que lhe der na telha.

Acho que deviamos ficar mais caladas mesmo...parra de questionar tanto, já que, como gênias, sabemos de antemão as respostas. Sim, eu sei, precisamos ouvir, sempre queremos e precisamos ouvir.

Acreditar no amor, sim, sempre. Mas um pézinho atrás não faz mal a ninguém, isto é, não faz mal a nenhuma mulher...rs. bju bye ladies.