Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Por muito tempo

Por muito tempo, eu me achei única, incrível: não saía de casa e, no meu mundo cor de rosa, tinha absoluta certeza que um dia chegaria o meu príncipe, alguém que me tiraria do marasmo e seria tudo pra mim, me mostraria o mundo, o amor, tudo. Não foi assim...

Por muito tempo, minha individualidade me cegou, me achava única: não conhecia ninguém com meu nome, ninguém que escrevesse poemas, ninguém que fosse boa filha e um exemplo de conduta como eu, ninguém que se interessasse por inglês como eu, ninguém que gostasse do Hanson - saindo do meu mundo, encontrei tanta gente assim e muitos melhores do que eu... a gente vive em um mundo de ilusões em certo tempo da vida, no meu caso foi durante a adolescência não-vivida.

Por muito tempo, me iludi pensando que escrevia bem e minha voz era boa, só precisava ser trabalhada, que eu era mulher que todo homem gostaria de encontrar pra casar. Descobri que os homens não querem casar - talvez lá pelos 40, como já me disseram alguns, pr…

Dorme com um barulho desse...

- because we are F-R-I-E-N-D-S!!

- ... yeah, I got it...I really got it...



:(

Pensamentos

Taquicardia
coração a mil
boca seca, sem palavras
olhos piscando
pensamentos a mil
sem parar sobre tudo que se pode achar: vida amorosa, saúde, educação, a fome e pobreza do mundo, a miséria humana, música, o mal humano, sexo, planejar aulas, semana que vem, sapiens, plano de estudos, trancamento de matrícula, mesrado, mestrado?, lattes, Viçosa, São Paulo, alojamento, inferno, aperto, sufoco, dinheiro, república, quarto apartamento, dinheiro, beijo, roupas, sem roupas, cama, colchão, suor, corpos, amor, paixão, gostar, camisinha, gravidez, orgasmo, chegar lá, chegar lá?, melhorar, mudar, caminhar, correr, emagrecer, chorar, voltar, ler, orar, Deus, céu, salvação, necessidade dEle, oficina G3, ...

e de repente
tudo que resta
é a noite em silêncio
e a dúvida eterna do futuro não-dito..
não-vivido, não explicado.

Silêncio.

Férias, cansaço, tudo contra mim, universo, cosmos, vida, céu, inferno, inverno, outono, primavera, verão, 27, 28, lágrimas, chocolate, livros, dinheiro, um milhão, b…

Pára o mundo...

que eu quero descer
que eu quero morrer
que eu quero me fud...

que eu quero parar
que eu quero sentar
que eu nao quero mais brincar
de amar

que eu preciso descer
preciso respirar
preciso crescer
e me lamentar um pouco

que eu quero sair
nao quero mais brincar
quero voltar ao ventre materno
ou a antes disso...

quero ser um nada
como eu era, matéria informe
e já era vida
pára que nao tem mais
acento diferencial
e posso parar
para isso
e posso para,
ir para lá

que eu quero ir embora
que agora é hora
não sei bem do que

para tudo, droga
porque eu já me fu....
já me
há tanto tempo

...

Dia da vó!!

Poucos se lembram - nem eu mesma lembraria se nao fosse a extensa lista de dias de tudo que eu tenho - mas hoje é dia da vovó e por isso, fica minha homenagem, in memorian, a Dona Cecília e a Dona Lídia, ainda na ativa hehe!

Eu não vivi muito perto de minhas avós. lembro que moramos, eu e familia, com minha avó materna, dona Cecília, por um tempo, quando minha mãe cismou de voltar para Petrópolis para ter meu irmão mais novo lá, tal qual um peixe que volta ao rio onde nasceu para desovar. Ela era muito chata: se ficávamos muito tempo dentro de casa, punha-nos pra fora pra brincar; se nos demorávamos lá fora, reclamava do mesmo jeito. Queria que tomássemos sua benção, coisa que mamãe não ensinou e, portanto, eu e meus irmãos éramos os netos mal criados. Foi um custo pra me acostumar a chamá-la de senhora, pois ate hoje nem minha mãe eu chamo assim. Nada era por falta de educação, mas por falta de costume.

Na última vez que vi dona Cecília, ela mal me reconheceu: "Essa daí não é a R…

Foi ontem

E foi ontem que eu vi um recado teu no orkut meu
e foi ontem que eu saí à noite e me diverti
e foi ontem que comecei a pensar no que te sinto
is this love??

é, foi ontem, ou anteontem que vc me escreveu
no orkut meu vi recado teu
e comecei a pensar a falta que vc me faz
e indagar Is this love?

Foi ontem que eu caí na gandaia
pegação, danças, músicas, bebidas, eu lá
em tudo isso
e em tudo isso te pensei
e me perguntei is this love?

vc me escreveu no seu inglês bom
e eu fico lisonjeada... quase me arrepio
quando penso na sua voz que me encanta
e pergunto de novo se is love...

eu me recrimino por ficar com outros
eu me sinto mal se tenho vontade de ficar com outros
eu me sinto mal se fico com alguém
por logo após pensar em vc
e me pergunto...

IS THIS LOVE???

bye.

...

Chocolate

às vesperas de uma colação de grau, eu assisto este maravilhoso filme, "Chocolate", com Juliette Binoche e o ma-ra-vi-lho-so Johnny Depp, em uma de suas, senão a mais, maravilhosas performances.

Os personagens, ao contrario de mim, acham finalmente um lugar pra ficar: Ela descende de uma tribo nômade, ele é pirata ou cigano, ou, oh God, tudo de bom. Com seus chocolates, ela muda o rumo das vidas das pessoas de uma pequenina cidade.

Aluguei este filme porq estava falando de "recipes", receitas, com uma de minhas turmas. O filme é perfeito. Ultimamente tenho tido lembranças "chocolateiras": lembrei-me recentemente de um livro que li há alguns anos chamado "Como água para chocolate", comprei o livro agora e descobri que tem um filme também. Cacau, os Maias, tribos, povos antigos: creio no poder dessas coisas, não no misticismo, mas na natureza que Ele criou. A natureza tem seu poder e chocolates melhoram a vida de qualquer um!

Eu quero sair por ai…

Parado no tempo

fique bem aí
parado no meu tempo
agora
como antes
como talvez depois
e só, somente agora
fique bem aí
parado no meu tempo
sinta minha presença
a tua é elipse,
entrelinha subentendida...

















da série "poemas gramaticais"... to be continued...

Noite

É estranho estar sozinha aqui essa hora e sentir alguém, ouvir passos que não existem e tremores que não acontecem: medo. Estou só e temo. Ele não veio e temo. Eu sinto falta dos beijos, do jeito, de tudo... sinto falta do calor em meio aos lençóis, do amor que não se fez, de tudo que não foi, mesmo assim, sinto tanta falta...

De repente sinto que tenho que fazer coisas estranhas pra matar a saudade e a ansiedade de te ver: começo a ficar acordada até tarde e acordo cedo pra caminhar e correr, mesmo com a perna doendo tanto... Finjo que estou bem sem celular, mas sinto vontade de enfiar a mão no bolso pra ver as horas nele, que já não têm... leio em voz alta o livro que baixei, todo em inglês, só por ter meu nome, Rebecca, da Daphne Du Maurier, que eu nem sei quem foi... formato um livro-guia de sonhos que me foi passado, reviso, arrumo, etc etc... penso no que fazer hoje e amnhã e tomo uma decisão drástica, desligamento da UFV, mas repenso e tranco a matricula, só isso. Ainda tenho…

Hora de ir embora ... - part II

É quando vc vê o Brasil fazer um ótimo jogo, no entanto sem gols e, como é mata-mata, ir para os pênaltis e perder para um time medíocre no ataque, o Paraguai. É perceber que vc, como não se deu bem nos seus pseudo-relacionamentos, está meio que se masculinizando, assistindo a jogos de futebol e sacando, aos poucos, o que é um escanteio, impedimento, lateral, tiro de meta, falta, pênalti, mas ainda assim perceber as pernonas do goleiro do Paraguai - humm...

É quando vc sente a precisão, a necessidade de novos ares e de algo que não tem nome - um canto, uma casa, um ar livre, um ar fechado, um céu, um inferno, enfim, algo que te impulsione, a tal da mola propulsora... É quando você tem que fazer um mapa mental e todos os seus planos não cabem no papel : intercâmbio (ainda não desistiu?), concurso, mestrado, São Paulo, Ouro Preto, Viçosa (??), "amor", ... E quando vc começa uma outra habilitação e é praticamnete obrigada a parar por causa do seu trabalho, e fica pensando se é…

Hora de ir embora...

Tem hora que é hora de ir. É quando você se sente presa no passsado; é quando os ex começam a namorar e você percebe que a vida deles continua pós-você, ou seja, você foi nada. É quando você se iirita com as criancices dos calouros, a vida ociosa dos outros que tem férias enquantro você trabalha; é perceber que sim, realmente você está presa no passado: formada e morando no alojamento, trabalhando e tendo que aturar as outras vidas à sua volta que nada têm a ver com a sua. É quando você sente certa saudade de casa, de mãe, de pai, mas sabe que não pode voltar por n motivos...

É a hora quando você se pega olhando as fotos da sua formatura, as fotos dos seus sobrinhos que vão crescer sem uma orientação descente, ou seja, sem a sua neh...e você lembra que seu pai e sua mãe nunca estiveram felizes e satisfeitos com suas próprias vidas e você nao quer isso pra si mesma. É quando voc~e tem seus projetos e planos, e nao tem dinheiro, e se vê formada, trabalhando, ganhando razoavelmente bem …

Tua mão - oficina G3

Composição: Cristiano Sheslen e Carlos Eduardo Quando nada tem razão
O dia passa sem se ver
Parece estar tudo contra mim

Quando me encontro em aflição
Correndo sem ter direção
Eu penso que chegou meu fim

Quero sentir a Tua mão
Segurando a minha mão
Ouvir a Tua voz a me chamar

Vem apagar esta solidão
Me tirar dessa escuridão
Quero ter pra sempre a Tua paz

Nessa tempestade eu posso ver
A Tua presença e o Teu poder
Me sustentando em Teu querer

Ordinary World - Duran Duran

Came in from a rainy Thursday
On the avenue
Thought I heard you talking softly
I turned on the lights, the tv and the radio
Still I cannot escape the ghost of you
What has happened to it all?
Crazy, some'd say
Where is the life that I recognize?
Gone away

But I won't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
To the ordinary world
I will learn to survive

Passion or coincidence
Once prompted you to say
"pride will tear us both apart"
Well now pride's gone out the window
Cross the rooftops
Run away
Left me in the vacuum of my heart
What is happening to me?
Crazy, some'd say
Where is my friend when I need you most?
Gone away

But I won't cry for yesterday
There's an ordinary world
Somehow I have to find
And as I try to make my way
To the ordinary world
I will learn to survive

Papers in the roadside
Tell of suffering and greed
Fear today, forgot tomorrow
Ooh, here besides the news
Of holy war and holy …

Farmer week - óia o méh!!

Enquanto as horas minhas não passam, eu vou passando elas, aqui e ali, contando os segundos pra ter um pouco de mim mesma...


meu Mel, minhas mãos, meu eu passeando na Farmer Week, enquanto o futuro não chega... bye!

Farmer week

Parquinho, luzes, tobogâs, crianças, gritos, montanha-russa, escorrega, pipoca, frio: começou a semana do fazendeiro, com um big parque de diversões montado na minha porta.

hoje fui à igreja e foi muito bom, pq pude participar da Santa ceia, um rito mantido pelas igrejas ainda hoje, e me senti mais filha dEle. Usei meu sapato recém-comprado para a proxima solenidade de colação de grau; só o ussei para sentir e fazer com que se acostume ao meu pé torto, ou melhor, pelo contrário, que meu pé torto se acostume à ele, um belo sapato com fivelas diferentes e um salto razoável, que quase me entortou de vez o pé. Com ele ainda, após o culto, dei uma passadinha no show da semana e na feira de artesanato e roupas e tudo mais. Ai acaba que não resisti, experimentei um monte de coletinhos de renda e comprei um; pareço adolescente com ele, mas é lindo. Geralmente não gosto de usar coisas de renda porque parece lingerie, e lingerie pra mim é sob, e não sobre, mas dessa vez tive que ceder, um colet…

interpretação de sonhos

Farmer week começa. Dei uma passada lá, so pra ver se tem coisa boa - claro que tem! - mas morrendo de gripe, não fiquei muito, só passei olhando os artesanatos e roupas, sobretudo as roupas, amo. está tudo muito bom, caminhando. Mas preciso livrar-me dessa gripe repentina, que começou ontem a noite e agora está um horror.

O dia 4 de julho passou e falei deles com meus alunos. Passei hoje o filme This is it, de MJ, para a ultima turma desse sábado. Foi bom vê-lo novamente, MJ. Já faz dois anos.

Tenho escrito muita coisa - coisa é sempre poesia - e publicado no recanto das letras. meu endereço:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/minamel
muita coisa, mas nem um décimo do que já escrevi na vida...

Tinha um sonho em que claramente identifiquei três pessoas comigo como sendo meu passado, meu presente e meu futuro: Eu estava deitada numa cama com uma pessoa virada de costas pra mim, parecia dormir. Ai um ex meu chegou, falou alguma coisa e se deitou entre mim e essa pessoa, que est…

Anxiety

La tequilada e yo hay me passado por una columbiana llhamada Luna. E también me hay vivido cosas rápidas em muy poco tiempo, tantas cosas que no puedo dicer acá.
Letras, caloros, amores... muchas danças, muchos ritmos, muchas baladas e tántas cosas que no puedo más hablar...
descubrí-me por cierto como una ansiosa, sofro de la ansiedad e no sabía. Sofro tánto... e sofro de saber q sofro e sofro tudo por antecipacíon del pior para mi própria vida. Siempre refletindo aceca de lo piro - del pior - desculpai-me por este péssimo portunhol... mas la istoria de la columbiana Luna hay surtido efecto, haha!

necessito dormir ahora. besos! (desculpai-me todos...) bye!