quinta-feira, 13 de maio de 2010

postagem noturna e soturna


to aki conversando com ele eimaginando pq todo mundo tenta sempre me mudar...eu devo ter algo de muito ruim ou errado, naum? será que eu sou um monstro? um OVNI? um et? telephone, telephone rsrsrsrs....e ainda querem ponderar dizendo que eu num tenho nada de errado, vai entender!!!

eu q num entendo!!!

Fui, boa noite!!

visualizar blog


Eu visualizo blogs quase que todos os dias. Erro digitando todos os dias, troco o lugar das letras...e recebo telefonemas. Sim, recebi. O de ontem foi dele, só pra dizer boa noite, saber como eu estava...isso vai evoluir e eu quero!

ontem a palestar (trocando letras de novo, P-A-L-E-S-T-R-A!) com Bartolomeu Campos de queiroz foi tudo de bom. Ele já tinha vindo aqui antes, acho que simpatizou com Viçosa. E lá estava ela, de casaco vermelho e sapatos da mesma cor, simples, sorridente, atuante - será que atuava nakele momento? - sua majestade Cássia Kiss. Cheguei perto, um rosto familiar, comum até...ela pretendia se desvenciliar da multidão que a seguia sedenta de fotos e autógrafos. "Tenho que ir, tenho que viajar agora..." ela dizia, sem ser ouvida pela multidão. Me afastei e não vi se ela talvez tenha dado uma má resposta, já cansada...e depois a mídia cai em cima, dizendo que foi estrelismo, e blá-blá-blá...talvez não. Entendo. Eu queria uma foto também, mas me afastei, deixei-a ir. Ela leu Bartolomeu, visualizou o blog dele, se é que posso dizer isso. Num sei, essa frase "visualizar blog" me diz alguma coisa que num sei o quê...agora quero visualizar o blog do Bartolomeu, não que ele realmente tenha um, mas ler sua obra, mais diretamente. Conta o coordenador do evento que Vera Holtz também leu Bartolomeu, tbm gostou dele. Mas quem lida bem com palavras lida mal com pessoas...geralmente vc vai todo empolgado cumprimentar um literato destes e recebe um frio oi, um distante quase abraço...é assim...é por puro medo, como Bartolomeu mesmo disse. Ele é uma pessoa medrosa. Pudico. Recatado. Literato. Simples e glorioso em suas palavras.

E o meu telefonema? mandei mensagem de boa noite em português, inglês, italiano, espanhol e francês, bjus tbm, em todas essas línguas...ele ligou pra responder...uma vozinha distante e tão perto do meu ouvido...sinto saudades, saudades da voz dele, do rosto, daquele sorriso, tudo meu...daquele corpo, que corpo, todo meu. Ele não gosta quando uso esse possessivo...mas eu sou possessiva. Meu, meu, meu...mas me dou tbm: sou sua, sua, sua...

que o dia seja bom, como todos os outros têm sido. E eu não esqueci o outro. Bye!