Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Cansaço

Apesar do cansaço, escrevo. Vida pós-graduação não é fácil, apesar de que fui sortuda: saí da graduação já trabalhando. Problema que estão aumentando o número de turmas, mais gente, mais trabalho, mais cansaço. Não sinto vontade de vida lá fora, esqueci as dores do coração, nem tenho tempo pra me lembrar delas, apesar do buraco que ainda (e sempre) sinto. Quando começo a pensar nisso, nisso que sou eu, os pensamentos de que tenho q preparar aulas, tirar cópia disso ou daquilo logo me tomam o pensamento. E assim eu sigo, não sendo muito gente, acordando cedo e dormindo tarde, sempre. Um hábito que criei, pra não cansar ainda mais, é dormir depois do almoço. Ajuda.

vida de professor não é ruim, é extremamente trabalhosa, sobretudo se você se preocupa com suas aulas, o conteúdo, se os alunos estão aprendendo. Volta e meio me vejo fazendo revisões, tirando dúvidas de coisas que não me perguntaram, mas sei que querem saber. Bom é isso, a gente olha o aluno e consegue saber muita coisa del…

Hoje é dia..

Hoje é dia de fazer 25,
hoje isso aqui é pra ele, mi hermano.

Estava eu com meus 2 anos e cinco meses quando ele chegou, chorão, cabeludo, fofo, gorduchinho. Meu irmão, o primeiro. Nos demos bem, razoavelmente bem nesse início de relação. Aos poucos, algo se perdeu... eu me achei no mundo (mesmo?), ele nem tanto. Ele brincava comigo. Vestiamos as roupas de nossa mãe, os sapatos, ele junto. Brincava de boneca, ele junto. Na verdade, nunca brinquei de boneca mesmo: tinhamos uns bichinhos aos quais demos uns nomes engraçados: tinha a ovelhinha, a bundinha-de-fora, e outros que nem mais me lembro. Aí veio o kinder ovo, as nossas coleções de miniaturas; brincávamos de "coisinha pequena". Aí vieram as brigas, veio o outro irmão, veio a paixão de todos, sobretudo a minha, pelo outro irmão, ele de lado, era o único menino, de repente mais um... e as coisas ruins, o ciúme, o distanciamento foram só acumulando.

Muita água rolou debaixo dessa ponte que hoje tem 25 anos, 1/4 de século. …

Vício

Que fazer quando o amor vicia
e a música não acalma
só palpita?

que fazer quando o amor vicia
e a música não acalma,
só intriga?

que fazer quando não é amor
e vicia
e a música vicia apesar da angústia
e... ah!
a musica vicia!

que fazer se o sentir vicia, o mal sofrido vicia
a dor e o prazer mais intenso, ah, vício...
orgasmo da alma
vício...

que fazer se a mais breve nota do musical mais sofrido
é a mais intensa dor
e o mais sublime prazer
de uma lembrança
de alguma parte
de alguma vida
um dia vivida
resquício, dentro da gente...
ah, vicia!

que fazer se o amor vicia
tanto quanto o sofrer,
a vaguidão do sofrer
a ameaça de um amor não vivido...
Ah! imaginar a vida vicia!

Coração Sustenido

Meu coração, taquicardia
hmm, bate demais
bate tanto que esqueço
que mais apanha

meu coração, taquicardia
bate tanto ao som dos instrumentos
bate tanto que rodopia
no palco do meu peito

meu coração, taquicardíaco
porque tão descompassado
dói-me o peito,
dói-me o pensamento
dói-me a alma, angustia...

meu coração, ah! que coração?
taquicardia
que nervoso!
não pára de bailar
ao som dessa melodia
que me oprime

o silencioso som da vida.
a sutileza de todos os corações descompassados
batendo juntos, do mundo, em uníssono
em dó maior
e si menor. Sustenido.

meu coração, ah! susteniu!

Tome a sua cruz...

 - As pessoas certinhas demais me incomodam, sabe?
Disse um amigo hoje, referindo-se ao anúncio de um evento que fazia um grupo de estudantes ali no MU: experiência de oração. O comentário não foi dirigido a mim, por isso eu não disse nada, mesmo porque meu tópico de hoje neste post seria a educação, meu tema favorito, e tema também da aula magna do excelentíssimo ou magnífico senhor secretário da educação, ex-reitor desta casa, Luiz Cláudio Costa, nosso eterno reitor, como bem frisou a nossa atual reitora Nilda de Fátima Ferreira. Luiz Cláudio, em apenas dois anos conquistou realmente a população ufeveana com seu jeito atencioso e prático de ser. Fez um bom governo, tanto é que foi convidado a ser secretário pelo atual Ministro da Educação, Fernando Haddad. E lá fará ainda melhor, com certeza. Bom, bajulações à parte, Luiz Cláudio falou da importância da universidade na construção de cidadãos e do país, concomitantemente. Mostrou alguns números, defendeu o Prouni, fez piadas, enfim, a…

qui suis-je?

Não tô apaixonado

Eu queria estar apaixonado
e contando tudo
e não estar ligando pro que iam dizer...
queria crer q certas formas de amar não são pecado
queria crer não estar errado
e dizer que se dane o mundo
porque só quereria meu bem-querer...

mas eu não to apaixonado
nem contando tudo
só to questionando porque eles sempre fazem isso comigo...

porque eu deixo, dizem uns
porque eu quero, dizem outros
porque eu sou uma Amélie Poulain
talvez...

inda bem
que não estou apaixonado
e nem contando tudo
porque não tenho o que contar.

Eu tô apaixonado...

Não gosto muito de sertanejo nem de Luan Santana, tampouco estou apaixonada, mas gostei especialmente dessa música. Nãob tenho preconceitos com gênero musical, se eu gostar da música, gostei, não importa se é rock, pop, funk, forró, reggae ou sertanejo. Enjoy!

Crises...

Crises vão e vêm... crises de tosse? estranho... Ontem quase morri por causa de uma: sabe quando você engole alguma coisa, tipo quando tá comendo, e engole a comida e ela desce pelo lugar errado? Você tosse, tosse, tosse e o q foi pelo lado errado acaba saindo. Mas eu não estva comendo nada e nem engoli nenhum moskito: o que engoli foi saliva mesmo, o que foi suficiente pra desencadear uma crise de tosse das mais angustiantes e mortais que já tive: eu sempre disse que morria disso, e ontem achei mesmo que ia pro além, tentando achar o ar que não vinha pra dentro e nem saía de jeito nenhum. Cinco, dez, quinze, vinte minutos... nem sei mais quanto tempo tossi sem respirar, sem parar. Senti minha garganta dilatar, como se fosse explodir... ao final da sessão de tosse aguda, eu não tinha voz e minha garganta dóia muito, muito mesmo. E como eu não parava de tossir, as lágrimas se juntaram, e eu chorava e tossia desesperadamente. Seria cômico se não fora trágico, e como foi trágico!

Já me i…

Eu sou...

Eu sou uma cantora oca,
música falida,
poeta torta
nem poetisa...

eu sou uma falha no segmento Melo Silva
uma coisa à parte
a ovelha
nem mesmo negra...

uma cantora sem voz
atriz sem palco
poeta sem papel
prostituta sem bordel
me resolvo na rua...

saí assim, meio assado
porque mãe queria um menino
ai veio eu...
atrasada pra viver
conhecendo o cara certo na hora errada
respondendo certo mas atrasada
pensamento retardado

mas...sensata lucidez
afiada sagacidade
boa voz
desenvoltura no palco
dom da poesia...
tudo covardemente não desenvolvido.

E agora, José?

Sempre o Nunca

Pensei em você o dia todo
e tudo dói
pensando nisso
acho que é mesmo disso
que é feito o amor:
essa confusão toda, essa agonia
essa dor de alegria
essa tensão e mais agonia

o sofrimento, ah sim, ele
é completamente próprio:
o sofrer dos 5 minutos antes do encontro
o sofrer da distância
o sofrer eterno do nunca mais...

ah, sim, os meus nunca-mases
minha coleção extensa...

será que eu te amo?
começo a duvidar...
tanto sofrimento, será mesmo
que faz parte?
nunca um encontro de sentires?
nunca ouvir um eu te amo sincero?
nunca a troca de carinhos sem sexo
um abraço fraterno
um beijo terno,
nunca?

sim, meus nunca-mases
até quando suporto viver com eles?
pensei neles e em você
the whole day...
pensei no presente do seu aniversário,
pensei no seu ovo de páscoa
pensei na conversa sincera e pessoal que nunca tivemos.

pensei nas nossas mãos dadas por aí
pra todo mundo ver...
qual será o sabor disso?
e é disso
que é feito o amor?
desses detalhes todos?
das pequeninas coisas partilhadas...

o bom …

Gotta go there

I feel myself unexpressive. Days pass me by and I feel nothing. I can't even express myself in my own language. Maybe that's the point: my own language cannot cover what I mean, all the world I wanna mean, all the words I wanna say. I just can produce love through poetry, not prose, not even in my own language. Yeah, I know I'm getting repetitive. That's the point: English and me were meant to be. I don't even know what it really stands for, but I just feel English as well as I breath. That's why I gotta go there, uncle Sam's land: I gotta go there, really gotta go.

I gotta do my drama
my theather
my life, the play of my own life
I gotta go there.
and that's all.

Planos

amor
um casamento
um filho
um livro

ah, não:
amor,
casamento
livro
filho, isto é, filha

hm..não, não:
amor
livro
casamento
filha

melhor:
livro
amor
casamento
filha. Enfim!

A Flor e o Espinho

e viva Aline Calixto ontem na calourada unificada DCE. Mesmo sem voz, não pude deixar de (tentar) cantar a letra dessa belissima musica interpretada por nossa colega geógrafa da UFV. Diz muito...


Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu so errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu so errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
É no espelho que eu vejo a minha magoa
A minha dor e os meus olhos rasos d'agua
Eu na sua vida já fui uma flor
Hoje sou espinho em seu amor
Eu só errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Que eu quero passar com a minha dor

O Passado

as noites passadas, passado
as lembranças, atraso
preciso olhar pra frente

olho, nada vejo
olho, continuo seguindo
olhar sempre pra frente

basta!

olho pra frente
ando pra frente
e vejo ainda atrás...

as noites passadas,
as lembranças...
tudo. Passado. Passou.

enfim chegou a hora de dizer tchau
ou continuar tentando?
...

Sorry

it's just amazing how
you are deeply rooted into me
it could be more than amazing
it could be love
it must have been, one day, love
and now
all I feel
is that I'm sorry for you
'cause you do not deserve me
I'm sad and sorry for our lost love
you threw it away
as it was nothing at all

but...
it is so deeply amazing
how you still linger into me
as a true root
as part of me
everything we lived I won't throw away
I just feel sorry
I'm not you, such a fool

you linger here
you are so, but so handsome
and how come I cannot love the beauty?
I love beauty
I loved you.
yes, it is past tense now,
loved

it all is just so amazing
I'm proud of my feeling
I feel satisfied with myself
for my capacity of loving
and i feel sorry for you

so many times I could give my help
my hand
my hope
my love for you
the biggest and more pure and honest love in this world

but you just threw it away, baby...
and I am tired of crying.

Sorry.

Mão

Eu podia sentir tua mão hoje
os nossos dedos entrelaçados
a tua pele
a tua mão
quase um êxtase súbito
eu
na rua
em meio a multidão
tua mão... sensação
que sensação...

senti de verdade o toque
meus dedos ficaram se movendo
como que acariciando
tua mão
uma mão invisível
totalmente perceptível para mim

preciso senti-la
mãos dadas, quase um casamento
quase um futuro pra nós
quase um chamado teu
eu senti
um êxtase
teus dedos, a mão
nossas mãos dadas
vi a cena
senti tudo
um êxtase...ah, um êxtase...

um anjo deu-me tua mão.

(Michael Jackson) Billie Jean - Sungha Jung - Terrific!!

<p><br><br>te</p>

No more I love yous

Poesia de ultima hora

faltam só 40 minutos..
não, não, agora são 38..
escorre o tempo
e eu sempre soube que te amava
q te amo
que não me amo

falta pouco
37...
agora quase o dia acaba
ode á poesia!!
mas não tem razão nem rima
porque eu te ouço na minha cabeça
e o silêncio impera fora

eu sinto cada parte sua aqui
e sua respiração, seus pulmões, você
não vivo; é você que vive em mim
falta pouco pra celebrar o dia...
34... minutos
minutos, minutos, minutos...

não quero chorar por ontem
só viver hoje
eu tento e sigo
mas caio sempre e tantas vezes!
é hora...

só mais meia hora
o dia ode poesia acaba
eu me acabo em mim mesma
porque de mim não tenho como correr
e falta pouco, tão pouco
pra me acabar.

28.

Congratulations!!

Hoje é dia da poesia. para comemorar, deixo aqui versos de Alvares de Azevedo, na descrição da vida de um poeta:

VAGABUNDO


Eu durmo e vivo ao sol como um cigano,
Fumando meu cigarro vaporoso;
Nas noites de verão adoro estrelas;
Sou pobre, sou mendigo e sou ditoso!

Ando roto, sem bolsos nem dinheiro;
Mas tenho na viola uma riqueza:
Canto à lua de noite serenatas,
E quem vive de amor não tem pobreza.

Não invejo ninguém, nem ouço a raiva
Nas carvernas do peito, sufocante,
Quando à noite na treva em mim se entornam
Os reflexos do baile fascinante.

Namoro e sou feliz nos meus amores;
Sou garboso e rapaz...Uma criada
Abrasada de amor por um soneto
Já um beijo me deu subindo a escada...

Oito dias lá vão que ando cismando
Na donzela que ali defronte mora.�������������…

Segredos

Mas eu estou inteira aqui
sem nada a esconder
sem pedaço nenhum pra fora
todos os pedaços dentro
dentro do pó do avesso,
do pó que eu sou.

você perguntou se eu nunca disse não pra alguém
não é de minha natureza,
ainda que perversa
conseguir pura e simplesmente dizer não
eu não
eu, não

é que eu estou toda aqui,
com os meus cacos de vidro
e meus chinelos azuis enfeitados
amanhã eu vou caminhar
com todos os meus pedaços dentro

eu sei que foi um adeus
mas qual o motivo do inquerito preocupante que ouvi?
ou preocupado, ou despaichado
- só conversa...você disse
e eu prefiro acreditar nisso,
desconfiando, é claro

mas é que eu tô aqui
ainda inteira pra você
se me pedisse, eu ficava
se fosse situação contra´ria, você bem sabe
sabe bem que eu não diria adeus
que eu ficava.

mas é que você não está aqui
não está inteiro, assim
pra me receber
conforme manda meu figurino
manda meu coração-emoção

... você se fecha, se preocupa, me pergunta e me bate
e eu não sei o que pensar
amizade, atração, paixã…

Em outros lugares

me afogo em outros braços, abraços
em outros beijos, desejo
em outros lábios
em outros dedos e mãos
em outras camas

me perco em outras carícias, malícias
em outras fantasias, manias
em outras palavras
em outros sorrisos
em outra vida

e nada é como estar com você.

Conversa

- Cansada, sabe?
- Entendo... tbm tô...
- você?
- É, porque a surpresa?
- Ah, sei lá, sempre te achei... a voz da sabedoria, a ... acima de tudo
- Acima de tudo? como assim? nada a ver!
- Hm, tá bom. Mas eu to cansando acho que de viver...
- Agora que descobriu O Segredo?
- Pois é, mal tenho forças pra praticar... eu não sei, sabe, parece que cheguei num limite de alguma etapa da minha vida...o que vem depois eu não faço ideia.
- O Segredo! você sabe que já sabia dele, só não praticava!
- É, eu sei, de alguma forma, eu sei...
- Então! é só praticar!
- SÓ??? não é simplesmente SÓ praticar!
- Claro que é! só não se esqueça dele e passará a praticar naturalmente, sem perceber.
- Queria que acontecesse isso, assim, de repente... queria ser diferente, esquecer ele, esquecer tudo, focar no que eu quero, só isso...
- E porque "queria"? Esse é todo o segredo, você quer, você tem!
- Talvez eu tenha medo de ver que realmente isso funciona. Porque você bem sabe que no fundo eu não que…

Dirty images

all such dirty images around my head...

go away, images...dirty images, bad images...

I just wanna stay in his arms

without thinking about nothing

don't wanna see dirty images

as I saw yesterday

you and me, we there

we were there, we were touching and kissing each other

and it was just perfect

don't need that dirty images...dirty images...dirty images on TV

on, on, on...

yes, go, go, go...

go ahead and have my body.

Desculpas masculinas

ora meu bem, eu não sou bem o que você está procurando
somos muito diferentes
vamos ser amigos por hora...
a culpa é sua por não sermos amigos
ah, nem dá, você é muito fogosa, vai me trair...
te avisei desde o começo né...
você não se controla!

eu gosto de você, mas...
eu to apaixonado por você, mas...
eu te amo, mas...
te quero muito, mas...

não sou homem de me amarrar
nao sou homem de uma mulher só
você é legal, mas... (tem akela loura gostosona...)
você é pra casar! quem sabe daki a uns dez anos a gente se esbarra...

eu vou embora, não dá pé...
eu, com mulher passeando pela rua? que mulher??
você reclama de tudo hein!
saudade!

 - e alguém me explica essas desculpas??? bye!!

Feliz dia Internacional das Mulheres!!

corrigindo: HOMEM né rs...

É isso aí, mulher: não espere pelo impossível, querida! CARPE DIEM!

A Espera

Dois dias, dias e dias...vivo intensamente
tudo acontece e me acontece, me bate
abate

Tudo dói no coração
e eu me sinto gritar
não sarou

nada me basta
não me axei
não sou daqui nem de lá

bebo água e a vista embaça.
ouço música, tento cantar
a voz embarga
como, o dente dói.
o frio dói.
febre. adoeço.

nada é meu, eu não sou de ninguém
e preciso de pertença
adoeço. Não sou daqui, amigo
não me pergunte onde é a rua da espera
Eu sou a espera.

O que voltei

Não sei o que voltei
só tenho a mesma pressa-impaciente de sempre
estranhamente
quanto mais essa pressa, esse taquicardia
mais pareço calma e apática.

Voltei certeza: não pertenço aqui
voltei tristeza: não sou daqui
a minha terrinha mais bela está
e como seria minha vida lá?
imagino...

Minha terra tem montanhas
onde passeiam todos nós
as lágrimas que aqui derramo
não as derramo como lá...

Pudera eu ficar um pouco mais
e saborear melhor os ares imperiais
de minha mãe-terra-natal
pudera eu, ah! pudera!
ficar só um pouco mais...

Hoje é meu dia, nosso dia...
mas tudo o que sinto é vazio
ah, minha bela terra!
a serração, as montanhas, aquele clima aconchegante, acolhedor, romântico

eu não voltei, na verdade
ainda estou lá, nas terras do Monte Belvedere
na casa de Dumont e de Princesa Isabel
Petrópolis...

Menina de Ouro

Eu só queria isso mesmo, sabe?
a lembrança boa,
a saudade
não aquela saudade que aperta e dói
mas a saudade-esperança
que sabe que um dia eu volto
visito, lembro
revejo
e tudo fica assim...

eu preciso de Viçosa-lembrança,
Viçosa-saudade-de-um-tempo-bom
e não essa Viçosa que se impõe, implacável, sobre mim
que me mostra você
e não comigo,
não comigo...

você não comigo e com...
é demais pra mim
é gota d'água que pinga insistente
martelando minha mente
e meu coração
flagelo...

não é amiga
não é só um recado
pode ser nada, passageiro feito eu
pode ser tudo...
não quero pensar

eu só quero me distanciar e ficar
na lembrança boa de tudo
voltar de cinco em cinco anos
e preservar o que foi bom.

calar-me e seguir em frente
porque é preciso que eu aprenda algo disso tudo
é preciso que eu cresça, me levante da lona
e não jogue a toalha, jamais.
big girls don't cry,
menina de ouro.

SONETO DE SEPARAÇÃO

Vinícius de Morais
De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

para ele.

Sonhos... e mulheres loucas!!

venho sonhando com essa viagem que farei amanhã há alguns dias... e ontem, finalmente consegui falar com minha mãe, e ela disse que sonhou que falava comigo no telefone, mas não me ouvia, ou não consegui me entender, e tinha alguém brigando comigo, e... estranho.

No meu primeiro sonho, anteontem eu acho, eu perdia a hora e perdia o ônibus. O cara da bilheteria ria de mim, dizendo que o próximo só meio-dia! E o que eu tinha perdido era às 8h20 da manhã, cheguei lá uns minutos depois. No segundo sonho, ontem, eu pegava o ônibus, mas ficava zanzando por Juiz de Fora e esquecia de ir a Petrópolis, quando lembrava, já estava de noite...

Será que eu não vou chegar lá?? ...

Ultimamente sempre que eu vou viajar fico assim, nessa ansiedade ruim. Antes, quando criança, minha ansiedade era boa, adorava a hora de entrar no ônibus, a viagem em si era a grande diversão. E agora... Imagina quando eu for para os EUA, acho q eu tenho um piripaque. Falando nisso, ontem eu tava deitada e meu coração ace…

Like a ex-virgin...

Fui comer no RU de novo. Aquela sensação toda pesando sobre mim: o que estou fazendo aki, não sou mais estudante, não sou, não sou!!
Sento, e me deparo com o cardápio: strogonoff bovino; o dia não poderia ficar pior... sim, poderia! Um rapaz senta á minha mesa, sem falar nada. Uma invasão. depois dele, uma moça, são amigos. Ela senta do meu lado, pede licença. Eu olho pra ela e fecho a cara de um jeito que ela só não saiu correndo porque o colega já estava sentado lá, tranquilo. Quase pedindo desculpas por se sentar ali, a moça puxa conversa. Palavras-punhaladas nos meus ouvidos:
 - você é da graduação?
 - hãn?
 - você é da graduação, entrou esse ano?
 - não, já me formei.
 - passeando?
 - é, mais ou menos...

Nesse momento qualquer pessoa normal continuaria a conversa explicando esse "mais ou menos" e faria quem sabe mais uma amizade. Mas não eu. Só respondi isso e cortei. A moça ficou ali, querendo perguntar, mas percebeu, creio, meu péssimo humor e virou-se para o colega,…

Minha nada mole vida - Nikita

Sei que meu blog anda sem graça - se é que já teve alguma  - mas é isso mesmo: estou ainda mergulhada no estranhamento de tudo. Eu não achei q esse negócio de pronto, formei, acabou, ia me cair assim de repente, agora. Está muito difícil seguir em frente, mas eu vou. Faço o que gosto, sim; leciono inglês; é o que sei fazer no momento. Mas estou sobrecarregada. Estou farta. Devia ter ido embora. A essa hora estaria trabalhando também, talvez em sampa, mas... essa agonia de Viçosa teria acabado, seria agora só saudade, lembrança boa. Mas preciso baixar a cabeça por hora e deixar acontecer, enquanto tesço tudo de dia e de noite também... nada mais de ser Penélope. Estudar aqui que é o pior... ta tudo muito estranho. Formei, pô!

NIKITA

Todos os meus recados são mal dados
ou seriam mal entendidos?
gostava de estar ao teu lado agora
e seria preciso nada.
estou confusa, fui sincera
e... fostes também?
já não sei dizer...
recados mal dados, apagados
deleta aí, exclui, oculte
eu...
quase mais…

Estranhamento

Hoje o dia foi todo estranho: almocei pelo segundo dia consecutivo no RU e tudo bem, mas na hora da janta, fui sozinha e estranhei demais: o que eu to fazendo comendo ainda no RU? ainda dependendo da UFV? Depois, ás 20h30 fui pra aula... aula?? eu, formada, no meio do pessoal do terceiro periodo, ainda nakela animação boba de calouro, e eu lá, putz...foi muito estranho, como se eu tivesse voltado no tempo, regredido... como se eu estivesse atrasada, mas atrasos são comuns na minha vida: aos 12, 13, as menininhas da minha sala comentavbam sobre sua mestruação, e eu... tendo q envergonhadamente dizer q eu ainda não tinha ficado... só aos 14, no dia do niver do meu hermano mais novo. Depois comecei a trabalhar lá depois dos 18, quando os meus colegas do mesmo nivel social ferrado já trabalhavam bem desde os 10 ou 15. Aí veio a universidade aos 23... eu nunca reclamei, mas esse retrocesso que senti hoje foi bastante ruim. Senti o quanto preciso sair de Viçosa, ainda que por alguns dias, c…

Auto-sabotagem II

DIAMANTE

a felicidade era perfeita
mas cristais se quebram
e a pressa é amiga da minha perfeição
eu não me calei
falei
me delatei e deletei
e daí...
se tudo era cristal
melhor que tenha quebrado
caço um diamante
não só a beleza
mas durabilidade

a felicidade nunca é perfeita
e o que digo são cristais
e o que sentes, que pena, também é
eu não me calei
falei
testei a força desse amor
e não tinha força...
cristais...
só beleza.

Só lamento.
Quero um diamante.
O coração do oceano.