Postagens

Mostrando postagens de Março 21, 2019

Vida, tempo, poesia

Imagem
Planejamento, Educonle, extensão de carga horária, aulas todos os dias, sem folga, cinco horários: esta tem sido minha vida corrida na semana. Ah, e aí o computador resolve pifar, depois foi o celular, mas esse recuperado está.
Para não deixar o dia mundial da poesia passar em branco, relembro uma de minha autoria com a qual ganhei o segundo lugar de um concurso de poesias da escola em que estudava, no ensino médio. Isso foi em 2001!!! Ganhei também um relógio que já não tenho atualmente.

Falta

Falta muito?
Muito não sei.
Falta muito?
Pouco, talvez.
Falta pouco?
É, pode ser.
Quem sabe você é louco
o que posso fazer?
Falta quanto?
não sei, decerto
ainda há pranto
com você por perto.
Falta canto,
canto de sereia
mas por enquanto
ela canta na areia.
Falta?
Não, sobra
uma imensa solidão
vazio que destrói a alma
numa boa escuridão
palavras soltas, sem calma
estilhaçam o coração.
Falta muito?
Falta,
pra acabar a ilusão.

Lembro de ter escrito esse poema em uma tacada só, numa tarde, e inscr…