quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

À procura de um like - nove anos de blog

os três momentos mais felizes da minha vida :) 


Descobri que estou há nove anos "no ar" com este blog. Claro que, quando comecei, escrevia como se fosse um daqueles diários de papel que tive na infância - guardo-os até hoje. Depois fui me aprimorando. Até mudei um pouco o layout, uma cor verde vibrante enfeita o quadrinho que vem depois de cada postagem, na busca desesperada de um comentário, um like, um "interessante". Esperemos.

Hoje vi uma reportagem sobre empreendedorismo. Não sou empreendedora, mas tenho ideias, coisas legais que me passam pela cabeça, mas não sei concretizá-las. As minhas velhas desculpas já não colam mais nem para mim mesma: falta grana, falta tempo, falta lugar, falta isso e aquilo... não; falta é algo a mais e nem sei o que. Exato: falta essa qualidade empreendedora. Isso me faz falta, me deixa um pouco para trás.

Semana do carnival vem aí e eu e a trupe - leia-se eu, marido e filha - viajaremos para São Paulo a fim de ver minha família. Família é coisa complexa. Moramos aqui, perto da família do meu marido e aí, quando vamos pra lá surgem os burburinhos... se não vamos, os burburinhos vêm de lá da selva de pedra... Umas fofocas me chatearam esses dias, e aí fico imaginando como vou me portar quando for a vez da minha filha, o marido com quem ela se casar, a família dele... Tudo vira motivo para crítica e eu entendo que é pura preocupação e amor de mães e pais, MASSSS... cada filho faz as suas próprias escolhas e arca com as consequências, não? É o velho livre-arbítrio que o Senhor nosso Pai celeste nos deixou: podemos escolher o que quisermos, porém as consequências, quer boas ou más, vêm junto. Aí, na nossa ingenuidade e pouca instrução, dizemos que "Deus castiga". Affss....

Meu blog mudou seu objetivo, com certeza. Passei a escrever mais e melhor por aqui, passei até a evangelizar, ou ao menos tentar. Oremos, esperemos. Um ótimo 2015 a todos (???será??) que me acompanham. Deixe seu like aí! :)

Bye.