sábado, 21 de janeiro de 2012

Tempo - maktub

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu" 
Eclesiastes 3:1

Bom, vamos nós para a última e mais aguardada etapa da formatura: o baile! Estou nervosa como se fosse o meu, que já completou um ano. Comentei ontem com uma colega, por ocasião da colação da minha amiga, que, um ano após minha formatura, continuo na mesma, forever alone rs. Parei pra pensar, vendo os muitos casais a nossa volta, e é isso mesmo. Ainda trabalho no mesmo lugar (não que isso seja ruim, mas...), ainda estou solteira, ainda estou em Viçosa. Não estou reclamando, ainda que no fundo esteja sim, mas constato a cada dia o que já sei sobre mim: que meu tempo é o atraso. Atraso aos meus olhos humanos, por certo, e não aos olhos dEle. Fico lendo esse versículo, sobretudo esse capítulo do Eclesiastes e penso o que realmente quer dizer a palavra "tempo" aí. Qual será a palavra no original aramaico, grego, hebraico? Será que é o tempo tal qual o concebemos hoje? Creio que não. Mas então, como entender tal texto? Bom, é como está escrito, então, em II Pedro 3: 16: "ao falar acerca destes assuntos, como, de fato, costuma fazer em todas as suas epístolas (Paulo)*, nas quais há certas coisas difíceis de entender, que os ignorantes e instáveis deturpam, como também deturpam as demais Escrituras, para a própria destruição deles". Bom, para que eu não seja uma deturpadora das escrituras, não ouso interpretar o tempo aqui, mas levanto questões como todo bom ser humano inquieto que sou. Gostaria do texto literal da Bíblia, tal qual como foi escrito, porque não acredito numa livre interpretação, posto que as Sagradas Escrituras não são passíveis de interpretação, tomando-as como mero texto literário e/ou histórico, mas como verdadeiramente a Palavra de Deus.

Ouvi há algum tempo, novamente, um CD que tenho com uma pregação no final, que tratava de como marcar o nosso tempo, isto é, como contá-lo sem perder a visão das promessa divinas. tempo é questão que intriga a todos, e o pastor nessa pregação dizia que toda promessa (benção divina excepcional) passa pelo teste do tempo. Sem ironias ou brincadeirinhas, creio que minha benção é grandissíssima, pois tenho-na esperado por muito tempo, refiro-me à vida afetiva, e também, se for pensar bem, nas ouras áreas.

E o tempo dEle? Também está escrito que "Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia" (II Pedro 3:8). Como entender isto? Como aguentar a espera, superar a ansiedade, ter foco e traçar planos realizáveis? Aí Ele responde: "Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR"(Salmo 27:14). A própria Palavra nos responde as inquietações, mas sempre desejamos entender tudo e ter respostas claras. Enquanto isso, no meios de minhas inquietações, busco me acalmar e vivo no tempo do atraso, não que seja ruim, mas é como sou e como me interpreto, passível, eu sim, que sou de interpretações. Amém.

*parênteses meu. Texto retirado da Bíblia Jovem, Almeida revista e atualizada, 2ª edição, editora Vida.