terça-feira, 5 de março de 2013

Um tempo


"Mostra que o romantismo se descuida
E que a poesia sobrenada sempre
Ao pesadelo clássico do estudo"

Álvares de Azevedo, Ideias Íntimas. Lira dos Vinte Anos

Um tempo. Eu precisava de um tempo de tudo, mas apenas o tempo do sono, oito horas dormidas, foi suficiente. Eu ia fazer a viagem. O dinheiro não veio. Eu ia pedir tempo, ia terminar. O tempo do sono me mostrou que melhor não, porque nós vamos nos adaptando aos hábitos do outro, aos defeitos, vamos nos moldando, nos encaixando. Vamos vivendo esse amor...

Aí resolvi procurar o tempo necessário em outras coisas. FB, tempo. Mundo, músicas, tempo. tempo de recorrer ainda mais à Ele. Fui dar um tempo maior dentro de Sua casa. Tanta coisa pra falar pra Ele, tanta coisa que depende da ação dEle... tanta coisa.

Tem o tempo que estou esperando pra sair minha nomeação no concurso do Estado porque sim, ainda tenho chances. Espera, espera, espera... Enquanto isso leio sobre poesia, mas não escrevo há tempos... leio Álvares e me vejo... leio edital disso e daquilo outro e não sei pra onde atirar... não páro pra conversar com ninguém e mal saio de casa, salvo para trabalho e compromissos, deveres, nunca usufruir dos direitos... não faço mais amigos, não converso com os antigos, não sei, espero sempre que venham até mim pois minha preguiça/carência/cansaço??? me impedem de fazê-lo... não telefono, não ligo mas ligo sim, ligo muito, sinto muito dentro aqui. parece que só existe bar e bebida pra todo mundo, qualquer coisa fora disso está fora. Eu estou fora. Eles estão fora de mim, das decisões que tomei por hora. 


Vivo uma semana de purificação, ao menos tentando, dando tempo de coisas. Tempo. Coisas. Tudo é difícil nessa vida. Enquanto isso "meu coração deleita-se... Contudo/parece-me que vou perdendo o gosto,/Vou ficando blasé: passeio os dias/pelo meu corredor, sem companheiro,/Sem ler, nem poetar... Vivo fumando". Versos de Álvares de Azevedo. Ele, como Bruno Mars, acha-se fora dos padrões de adentramento nos portões do Heaven... estarei eu também aquém do Paraíso? Limito-me ao tempo. Entro no sistema, e penso incessantemente em meus direitos e em feminismo. Preparo aulas e é isso a vida. Boa tarde.