domingo, 9 de março de 2014

Identificadores de Mãe





Toda mãe parece ter uma espécie de coleira, um colarzinho de menina ou menino ou os dois, enfim. Comprei um e ganhei um outro; minha irmã tem um com dois meninos, meus dois sobrinhos; minha sogra emprestada (madrasta do marido) tem um com duas menininhas... o colar é tipo um aviso, "sou mãe". Sempre foi isso  e eu só descobri agora? Talvez rs. Muita coisa a gente só descobre quando tem o/a baby nos braços. Descubro minha filha a cada dia... ultimamente ela tem estado nervosa, chupando demais a mãozinha, sobretudo a esquerda.  Será dente já nascendo? Acho cedo demais! Aí tem gente implicando com a questão da mãozinha esquerda, que ela vai ser canhota e não pode deixar não... pq? qual problema de ser canhota? Eu hein...
Quando ela sente dor é que é pior, dou remédio mas o efeito nunca é imediato e ela chora sofrendo, tadinha... a única coisa que realmente a acalma é um bom banho no chuveiro mesmo, deitada no meu peito, depois a agasalho bem, ela mama e dorme. Água é terapia! Acredito no poder dos recursos naturais pois foram feitos por Deus, ainda que a água tenha sido de chuveiro rsrsrs...  por acreditar nisso, quero comprar um xampu que vende nessas casas de produtos naturais, pra ver se meu cabelo para de cair um pouco! Ele já vinha caindo há algum tempo, parou durante a gravidez, agora caindo muito de novo! 
Voltar a trabalhar é o desafio da vez. Difícil deixar minha Lídia, tão pequenina e tão dependente do colo da mamãe, mas acho que o papai vai se virar bem, meu coração é que vai ficar mesmo apertado.

Hoje, dia internacional da mulher, posso dizer que me sinto mais forte e mais mulher por causa da minha filhotinha. Nenhuma mulher é forte o suficiente até se tornar MÃE! :)