domingo, 9 de setembro de 2012

Para meu pai


Fathers be good to your daughters
daughters will love like you do
girls become lovers who turn into mothers
so mothers be good to your daughters too...
 
Ele nasceu há 53 anos numa família de condições modestas que contava 18 filhos, dos quais apenas e infelzimente 7 sobreviveram. Assim sendo, ele era o caçula dos meninos, que eram três, e tinham então as 4 irmãs. Cresceu, trabalhava com o pai, de repente se interessou por uma moça que ia á igreja e foi lá também atrás dela. Acaba que não ficou com a moça, mas encontrou algo ainda maoior, o Senhor Jesus. Logo levou a mãe e uma das irmãs a Jesus. Trabalhando sempre na igreja, com afinco e responsabilidade, conheceu outra moça novata na igreja. Nisso, já tinha até escolhido o nome de seus futuros filhos, Israel e Rebeca. Sou parte do sonho do meu pai. Mas aí a moça novata já tinha uma menina de 6 anos, o que não foi empecilho para que logo se casassem, apesar da desaprovação da família dele, já que ele contava seus 22 anos e a moça 28, ainda com a menina de 6. Mas ele foi em frente. Tiveram os dois filhos que ele já queria e mais um. Somos quatro.

O rapaz é o meu pai, e ele é o cara. dizem que o pai é o homem mais importante na vida de uma menina, e assim é comigo. No Congresso de Jovens do qual participei, vimos dois personagens bíblicos que foram os caras, andaram lado a lado com Deus. Assim vejo meu pai, apesar de todos os contratempos de sua vida.

Continuando a história, o rapaz, agora com 3 filhos, foi para São Paulo tentar a vida. No inicio tava tudo bem, mas ai tudo foi ficando dificil. Mas a todos fomos bem criados, dentro do possível, sobretudo em relação a educação cristã, sempre priorizada em casa. Meu pai foi meu primeiro professor. Creio que já falei isso aqui milhares de vezes, devo dizer tudo isso umas duas vezes por ano - dia dos pais e aniversário do meu pai, hoje - mas é o mínimo que posso fazer, relembrar a história, da qual faço parte, e assim homenageá-lo, não deixá-lo jamais esquecido, ainda que ele nem visite muito a net.

Uma das primeiras poesias que escrevi na vida era um ahomenagem à minha mãe. Tentei fazer uma semelhante para meu pai, mas nunca saiu.  Meu pai também escreve, mas em silêncio e em secreto. Estuda a Bíblia, tem lá seus defeitos, é resignado, tem seus sonhos ainda. Pai, te mandei mensagem de celular porque nem dá pra ligar, espero que tenha recebido e que seu dia tenha sido bom, e que termine muito bem. Não deixe de sonhar. Ânimo, coragem, amor, paz, é o que te desejo e é o que Deus tem pra você, além de tudo o mais que não sei, porque às vezes Ele tem caminhso nada convencionais pra fazer a gente chegar lá. 
Parabéns :)