sábado, 29 de janeiro de 2011

Coisa mais triste....

quer coisa mais triste que ouvir Still, da Cher, em pleno sábado de baile de formatura??? die a little bit!!:


letra meio errada em algumas partes, efeitos toscos, mas a musica diz tudo. Enjoy or die. Bye!

Dying...

Se traiu. foram quase trinta anos de alucinações reais, sua vida. Licenciatura em janeiro de 2011. trabalhou e trabalhou. Primeiro a escola de cursos técnicos, ela no comando do curso de inglês. Depois designações concursos. Fez a especialização; nada de mestrado. Se traiu, pois escrevera na agenda daquele ano: "Em 2011 eu vou... escrever meu livro". Não era necessárioescrever, tudo já estava pronto. Era necessário digitalizar. era necessário fazer acontecer. Ela fez acontecer muita coisa e foram anos. Era a escola, os alunos, a educação, o inglês, o... o que mais? Foi o casamento, a separação, mais um fracasso. Nada de filhos, nada de vida, droga, aquilo não era vida... o que tinha agora após trinta anos era só uma saída: sentar e digitalizar, escrever o sonho, parar tudo e escrever o sonho de uma vida toda, o sonho de um livro, um simples livro, um pequeno que fosse. 
Foi na reunião de trinta anos de formatura, meu deus, trinta anos! Contava seus 57... as amigas la levavam os filhos, até netos... é, era preciso correr atrás dos sonhos. era preciso aquele pequeno sonho, otherwise, sua vida seria vã, ela sentia que seria vã.
Traiu-se e não poderia perdoar-se se tal feito não realizasse. Não podia morrer assim, não podia, não podia, não...

Acordou, de repente... era 2011, seus 27 anos, a carreira começando. Suou. Nada de auto-traição, honey babe. nada de auto-sabotagem.  

What about die a little bit, babe?


Come on, die a little bit with me
'cause I cannot pass eternity
without you
at least
a little bit
of you

Come on and die with me
prove what you feel
throw on my face
that you feel nothing
at least
a little bit
of nothing

Come away with me in this pace
this strange and gloomy road
where I cannot pass without taking you away
along
at least
a little bit
with me

Oh come on, die a little bit!
depression is kind of good
depression, let it get into you
it will be good
it you show you
at least
a little bit
of me.