terça-feira, 10 de abril de 2012

White Cat


Renovação, revida. É isso que Abril me apresenta. Mas obviamente aconteceu o fato do mês já: em Janeiro teve, em Fevereiro também, em Março idem, e agora Abril. Fiz até uma retrospectiva trimensal e vivia no medo de Abril, que logo se concretizou: não, não vou dar detalhes e gastar energia com quem não devo e com quem nem lembra que existo. Não. 

Arrumei um gatinho lindo. O bicho mesmo, of course. Ia chamá-lo de Jorginho, depois de Monange, depois desisti porque gato não se nomeia. Ele saiu pra rua (não sei como) de madrugada e ficou miando alto lá fora. Tive que sair na rua pra buscá-lo. E como me cutsou sair da cama hoje de manhã, de tanta preguiça e sono, meu normal. 

Fui ontem às compras com a F e percebi o quanto é difícil e caro manter uma casa, uma vida! è absurdo que o salário mínimo esteja abaixo de 1000, a vida é muito cara! E comentei com ela que estava pensando em desistir de casar... até parece :)

É hora de algo inominável, eu dizia em posts anteriores. Mas agora sei: é hora de viver e enterrar o passado, justa ou injustamente, é isso que se há de fazer e que me resta a fazer e que há pra eu fazer, sei lá. É hora também de ir pra aula, atrasada e enrolando. Bju bye.