sábado, 30 de janeiro de 2010

e lá vêm mais férias....

ois.
ainda estou de férias, fala sério!! to inventando mil coisas pra fazer, inclusive mais amigos virtuais e encontros reais, sem medo algum!! Aliás, eu axu que tenho medo de muito pouca coisa mesmo: barata, pobreza, pós-graduação, condenação divina, inferno....

medo de gente? de encontros que se marcam no virtual e passam ao real? Não...pq teria?? medo de gente? não, seres humanos são nocivos, mas eu também sou um então, posso fazer tanto mal quanto fizerem a mim rsrsrsrs....sei que iso nao tem graça, mas me faz dar aquela gargalhada fatal por dentro.

semana que vem devo viajar para o Rio, agora é oficial...praia, praia, praia, por favor! Periga aparecer uma tsunami e me levar pro além...não posso partir agora, não estou pronta...

pra esse ano tenho algumas responsabilidades, talvez mais delas na minha cabeça...to entediada de férias, mas só de pensar em todo o estresse dos meus estudos, ai...que preguiça!! e pensar em ir embora e deixar meu summer love aki...tem mil mulheres no pé dele, ele pode escolher quem quiser....tenho mania de possessão com as pesoas, acho que elas tem que ser minhas e de mais ninguém...mas ate que controlo bem isso. eu acho...será? quem porventura já sofreu com minha mania de posse, manifeste-se por favor!!

E Londres? E EUA? e meus sonhos exteriores?? sei lá...nunca tenho isso como meta e nao consigo fazer nada a respeito. Quando penso na burocracia toda, no dinheiro...desanimo completamente. Utopia, sei lá...eu só quero um amor. Amor? ah nao, sofro tanto, sempre..está bom todos esses encontros virtuais que viram reais...bom, bom, bom não tá, mas tá bão, tá bão.

ponto positivo das férias: volto a ser eu de novo. Ou volto a ser a eu de antes. eu nao sei se sou a que está aqui agora ou se sou a que se manifesta quando estou lá, na querida Viçosa. Ponto positivo mesmo é que tiro férias de tudo, tudo mesmo, esfrio a cabeça: nada de festas, bebidas, baladas, agarração, pegação, nada...fico aki tal como eu era antes, comportada e monótona. Aí, claro, começo a sentir falta de tudo neh rsrsrs sobretudo dos meus amigos....e ai volto e tudo volta. Veremos. Espero que eu seja mais forte e mais determinada a fazer o que é bom esse ano.

Bye!!