segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Felicità

Minha princesa

Sonho, ideal, felicidade. A minha felicidade sempre esteve atrelada ao coração, sentimento, amor. Sosseguei, encontrei meu par, meu amigo, amor, meu irmão de fé. Mais ainda, veio a segunda felicidade, minha filha... e agora sinto falta do mais, do que vem depois. A minha expectativa se volta mais agora pra minha filhotinha. Engraçado como tudo passa a girar em torno do filho; agora entendo perfeitamente a minha mãe. Ela parou de trabalhar por nós e foi sempre muito criticada, inclusive por mim. Aqui em casa a situação tá apertada, então nem posso pensar em viver pra baby, infelizmente. Porque só as mamães sabem como é forte essa necessidade de estar perto pois sentimos que só nós sabemos exatamente como cuidar da/o nossa/o baby. Eu por exemplo só confio no papai e a princípio é ele quem vai cuidar da Lídia quando eu voltar a trabalhar.

Estou fazendo um diário para a Lídia, escrito à mão mesmo, pra ela ver quando for maior. Ela sempre acorda sorrindo, mas tem estranhado as pessoas, está grudadinha com a mamãe aqui :) Sei que isso pode não ser bom, mas creio que é só uma fase... e é tão gostoso quando ela olha pra mim e dá um sorrisão banguelinho, linda demais! Hoje descobri que preciso urgentemente de um carrinho pra ela! Andar com bb no braço não dá mesmo, Lídia está com quase 6kg! Semana que vem ela faz 3 meses e vai ganhar uma vacina, tadinha... Mas é tudo pro bem dela, eu sei.

Sonho, ideal, felicidade: teu nome é Lídia! :)