Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 9, 2012

Disfarces

Normal as pessoas saírem das nossas vidas, perdemos contato, nos perdemos... normal quando não queremos mesmo alguém por perto e repelimos a pessoa. Só dói quando é com a gente. Dói quando, por mais que o tempo passe, a coisa não passa. Você já passou praquela pessoa, mas ela, tal como se fosse outro dia mesmo que se esbarraram, não passa pra você. Ela fica, seu semblante, as lembranças, tudo fica. E por mais que você viva outras experiências e ouça mais mil vezes a frase "não quero compromisso", a pessoa ainda está lá, no fundo, adormecida em você. Uma dor que desponta quando você está de TPM ou vendo um filme drama, ou ouvindo músicas que te levem até aquele lugar no passado, ainda com a pessoa. Uma dor que parece que vai te matar, mas aí você reage por um tempo, vive, trabalha, sorri, ri, se diverte, sai, vai a Igreja, ora, mas volta e meia, esse disfarce todo cede novamente à dor. A dor pura da rejeição. A dor que murcha o teu semblante, te rouba o sorriso, a vontade de …

Pétalas

Tá me dando desepero, sim contar todas as pétalas caídas.... nunca mais serei flor foram-se 28 pétalas já.. quando em botão, tudo verdejava e eu era princesa cresci e veio a realeza e as pétalas começaram a cair... dos 24 aos 28, meu Deus, quanta coisa!  e parece que minha vida voou eu não sei quando vou parar de ouvir os mesmos discos arranhados masculinos, as mesmas desculpas, sofrer o mesmo desdém, céus! não mais aguento tanto mau intento contra mim que foi que fiz não sei nasci? errei! perdão!
Desespero, já e conformismo também ando já de mãos atadas eu mesma as atei eu mesma me impeço de ir cultivando ódio e cada vez mais afastamento nao confio e não se deve confiar em ninguém.
Ah, quantas pétalas já se foram resta o caule, crescerá novamente a flor? não vejo raíz... terá? caem as pétalas, esvai-se a juventude. E eu amorteço emudecida em minha selva.
.