Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 10, 2010

Inferno astral??

Ontem tive uma noite maravilhosa com a visita inesperada de Odisseu, sempre indo e vindo da nossa Ítaca...e, como era de se esperar, apesar do combinado, ele não me ligou nem apareceu hj. Cada barulho de moto lá fora faz meu cuore palpitar, talvez seja ele. Até agora não foi... e pior que hj, depois que voltei da igreja, estou extremamente sensível. E extremamente carente, extremamente preocupada, extremamente perdida. A monografai? Não sei o que fazer, como fazer, por onde recomeçar...estou reescrevendo as partes corrigidas por minha orientadora....é, não adianta, eu me desespero com tudo, sempre. Estou aos prantos aki, por tudo. Tem sempre hora que eu explodo de ansiedde, me enraiveço contra mim mesma, ai me castigo ficando ate tarde na frente do computador, me obrigando a estudar. Depois vem as lágrimas, como agora. Eu precisava de Odisseu aqui comigo agora pra me confortar. Ontem foi maravilhoso, maravilhoso mesmo, ambos suados e cansados, eu disse que ia tomar um banho, chamei-o,…

Baixa feminista

você vem e me arrebata
me passa por cima, pelo lado, por trás
me deixa a calmaria depois da tempestade
e acalma meus nervos de feminista

eu ja nao sei de nada
e me largo em seus braços
eu só quero o momento
o momento, o momento, o momento

deixei tudo pra superficialidade da coisa
mas sei que somos mais que amantes
tem as pausas, tem as conversas
e tem tudo que reflete nós

mas eu nao posso com isso
tenho medo, tenho medo
e vc tem mais ainda
e vamos vivendo

e naqueles momentos vc me diz coisas
que qualquer mulher quer ouvir
"vc é muita areia pro meu caminhão,
mas eu adoro te f****"

(nao sei se quaqluer mulher gostaria disso rs...)

vc vem quando quer e me tem
vc nao se preocupa
eu te encosto na parede
e nada muda

mas tudo muda quando vc vem
eu ensaio palavras duras e nada digo
vc me arrebata, sou sua
no breve instante da minha baixa feminista.