Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 22, 2012

A gente somos inútil

Novas músicas são a coisa melhor do mundo, umas das. Quando se descobre um músico novo, ainda que ele tenha sido já descoberto pela mídia anos ou meses antes, a gente tem aquela sensação de fazer parte do que ele canta, daquele mundinho. Eu descobri!, é a sensação, a sensação de descobrir o Brasil, quase. Todo mundo se interessa por música e aí começa a instauração da minha inveja, dor-de-cotovelo, whatever.What about poetry?
Ninguém diz, nossa, li uma poesia cara, muito boa, vou baixar pra vc depois, vc tem que ler! Eu sinto que meu trabalho é inútil e imagino que esse seja um sentimento expeirmentado por Van gogh, por pintores, cantores, dançarinos e autores que não tem um grande público, um  grande alcance. Sim, eu gostaria desse grande alcance um dia, aliás, ainda agora. Eu sei que escrevo, e adjetivos ficam por conta de cada um. 
Tem o problema das caixinhas de comentário também. Quantas vezes li coisas, gostei, mas sequer dei um curtir ou fiz qualquer comentário... Nessa era te…