sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Primavera


Estou cansada. Acordei cansada, o sono não está sendo benéfico: acordo sobressaltada, olhando relógio, controlando a hora de tomar este e aquele outro remédio, morrendo de medo da dor voltar. Eu só queria que algo bom acontecesse hoje, passar uma tarde boa, e não ter que dar aulas amanhã o dia todo seria ótimo. Mas tenho que, sempre o dever, nada de relaxar, curtir, passar algum momento bom... é pq hoje é primeiro dia de primavera? É porque vai entrar Outubro? É porque eu tenho contas a pagar e preciso escolher entre comer e pagar as contas? Eu vou ali comprar um pedaço de torat prestígio da padaria e ser feliz um pouco, ainda que com a dor dde dente latejando. Nunca se pode ter tudo e agora, sinto um vazio como se tivesse nada: minha mãe não atende telefone, sinto uma agonia que não passa, uma tristeza tamanha que... ai, sim grande parte disso é TPM, mas não é só isso... antes fosse, porque passaria em poucos dias, mas não é, nada é. Não tenho ânimo pra nada, não vejo perspectivas, estou presa no dia-a-dia de ir trabalhar, preparar aulas, e só. Tenho ódio disso, do acomodar-se ao sistema. Não quero fazer nada hoje, não quero dar aula amanhã, não quero, não quero, não quero!! Droga...

Spring...