sábado, 28 de maio de 2011

Máscaras


as nossas máscaras continuam bailando
o que significa tudo isso?
o que é isso?
o que é o mundo?
um emaranhado de gente, nada mais
energia cósmica
será?
o que e isso que é entre a gente?
acaso?
destino?
pq é tudo tão fácil
e tão inútil?
pq nada se resolve em mim
e nada vale pra vc?
nada
e tudo
e ...vida!
tudo confuso!
meu eu, meu corpo, você, seu corpo, nós...
é tudo sempre uma doce loucura
um desejo ardente
uma fissura
uma fenda, um rasura, um traço sem censura
eu te quero
eu te odeio
eu te adoro
eu realmente sou sua.

ah vida vida
vida que não é minha
e que não tenho...
as nossas máscaras continuam bailando.

arranque minha máscara e me dê um tapa
melhor isso que continuar te vendo
numa perfeição que 
não é você