Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 17, 2012

Choro

Só quem chora sabe a dor das lágrimas. E todos nós choramos, de uma forma ou de outra. A sanfoninha das músicas da trilha de Amelie Poulain chora, o piano chora. A flauta de Richard Stoltzman chora e toda essa orquestra me toca de um jeito indizível, mergulho no indizível e choro também. 
Essas músicas parecem trilhas sonoras da vida. Pelo menos pra mim quando ouço Comtine d'un autre ete, Le moulin, La dispute, Sur le fil (trilha de Amelie) ou Maid with the flaxen hair (Stoltzman), eu choro porque revivo momentos, porque sinto dores de mágoa, ressentimentos, arrependimentos. Ou porque sinto clara a presença de Deus em minha vida, bastante clara. Aí sou como o profeta Jeremias, conhecido como profeta chorão. Quando Deus chamou, ele argumentou que era muito novo, não ia dar; quando Deus começou a usá-lo e ele viu a miséria do mundo, chorava sem parar e se lamentava pelo povo, tanto é que escreveu um livro exclusivo de Lamentações, que leva esse nome mesmo. Sou Jeremias, sou capaz d…