segunda-feira, 19 de abril de 2010

merda pra todo mundo!

ois.

Fim de semana, do ponto de vista acadêmica, totalmente desperdiçado. E, do pon to de vista artístico, totalmente aproveitado! Fikei sábado e domingo por conta do teatro, ensaiando, montando cenário, aquecendo voz, corpo, errando, rindo, me estressando, me alegrando, enfim, tudo que é sentimento em apensa dois dias tensos. Nos preparávamos para a reapresentação de nossa peça, A Carteirinha, no domingo, e assim foi. uma fala minha foi sucumbida pela intervenção de uma colega que se atrapalhou na hora, os outros colegas, integrantes nós do grupo Mímesis de teatro, também se atrapalharam com suas falas, mas nos ajudamos e, no final, tudo saiu bem, o público riu, tivemos receptividade, muitos amigos me prestigiaram "enquanto reitor desta Universidade" rsrsrsrs....Desta vez, a bilheteria será dividida entre nós (yes!). Fiz uma participação especial na outra peça, também comédia. Eles fizeram o "teatro do absurdo" e nós, "técnica clown". Acho que acharam mais graça na peça deles, mas todos fomos muito aplaudidos. Pra iniciantes, não estávamos mal mesmo. Valeu! Cada minuto no palco é uma catarse. E ainda não descobri porque desejamos muita merda um pro outro! coisas do teatro!

Na sexta feira, recebi uma mensagem bem inesperada, encontrei-me com um dos meus "disco-voadores" (hehe), o mais alto (putz, q piadinha...) ele tava numa festa antes, tinha bebido um bnocado, tava todo alegrinho, ficamos, foi bão demais. Ontem como de costume, agora, ele me mandou uma mensagem pra dar boa-noite...fofo! dei bom dia pelo orkut. E o outro que ta me mandando mesagens tbm? Melhor eu nao falar tanto disso aki, já que divulgo tanto esse blog e vai que eles dão uma olhada, neh? Jesus, I'm divided!

Ontem tbm acordei em crise, chorei, pensava na minha leseira, cinco anos aki e nunca fui atrás de um intercâmbio...será que ainda há tempo? Mas agora...não, não, quero me formar! Falei com Deus in English, chorei, fui pro ensaio e melhorei, hj já é outro dia, dia estranho, cinzento, meio frio, meio abafado, mas é outro dia, for God's sake. Bye!