terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Passagem

Faltam apenas três dias para o fim de 2010. Meu Natal foi normal, comes e bebes, e bebês também, meus sobrinhos gêmeos. Vão fazer um ano em janeiro. Meus dias seriam totalmente mergulhados em pasmaceira, como sempre acontece, se nao fosse por eles; choram, riem, brincam, gritam, tiram brinkedos um do outro, dormem e sujam as fraldas, basicamente. Me sinto mãe trocando tantas fraldas, colocando eles pra dormir, brincando e fazendo bobeiras. Lembro sempre de fonetica e fonologia (lembro mesmo!) da linguagem que usamos com as crianças, fazendo sons bobos e inventando palavras, trocando morfemas e fonemas - desculpa aê, eu lembro e gostei da matéria!

pior momento do fim de ano é o reveillon, Natal é ótimo, apesar do estresse normal em família. Mas a passagem...nossa. Não sei se superei esse momento de dar adeus aos anos...mas adeus a 2010 creio que será bem-vindo, estranhamente bem-vindo.

eu mudei e isso não foi tão bom como eu esperava ou tão mau como eu pensava. Foi simplesmente uma mudança natural, fruto do meio, das frustrações, das decepções, de tudo. frieza? comedimento. Já não sei...na verdade nao quero pensar em nada... esse momento de fim de ano eu sempre uso pra me resguardar de tudo e pra pensar em nada. Nem to com vontade de voltar...e essa minha formatura...deveria ser em dezembro mesmo, to numa ansiedade...e minha familia, nada... meu churrasco só terá os amigos e o baile, nem sei...todo mundo ainda decidindo...paciência.

No mais, até 2011 então. bju bye.