quarta-feira, 16 de maio de 2012

Frio aquecido

 "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." João 16:33

Voltei a prestar atenção nos sonhos. Sonhei essa noite com o R, a T, parece que estávamos numa excursão, só que de barco, ai tinha uns shows estranhos, depois eu entrava numa espécie de banheiro pra tomar um banho mas a F estava lá, aí o R estava estranho, com uma aparência envelhecida, a T deixou a presilha dela cair e eu fui pegar, mas tinha quebrado, joguei na água, flutuou, uma loira me olhou feio, eu peguei e joguei no lixo e... ufa, é nesse fluxo mesmo que foi o sonho, sem parar. Tendi nada.

Continua um frio intenso aqui na cidade. Algumas respostas positivas continuam em andamento pra mim, mas, mesmo assim, me sinto acuada, ainda sem bem saber o que fazer... às vezes o que a gente quer não é o melhor caminho - lá vou eu na clichezada - ou que o que parece bom não é o apropriado. Porque digo isso? Tudo por causa da minha mãe, que chegou...

Tenho as mãos frias mas meu coração num estranho aquecimento, como se pressentisse algo bom a caminho. Uma estranha cor verde que o toma, batimentos acelerados mas não estressados, tudo no seu compasso de menino sonhador; este é meu coração. Um estranho sorriso que invade meu rosto, uma estranha vontade de viver, apesar de tudo e de todos. "And nothing else compares... and nothing else matters" (ColdPlay e Metallica, numa estranha coligação).

Disse á minha mãe ontem ou anteontem que Jesus devia ter dito que "no mundo SÓ tereis aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". Só aflições, na maior parte do tempo. Porque o tempo bom, os bons momentos nos são tão fugazes que parecem não durar um segundo sequer, quando, sim, duram. O suficiente para serem inesquecíveis, como diz uma frase de música que rola por aí.

Estarei mudando?? Quem sabe. Boa Quarta, bye!

...