sexta-feira, 27 de maio de 2011

E nada...


Sem identidade
sem nada
eu apensa espero
não existe nada na terra que me faça feliz
simplesmente nada...
acho injusto e falso se alegrar
enquanto pessoas nao tem o que comer
nao sabem e não podem se vestir
tanta coisa ruim
tanta coisa errada
e eu aqui
sem nada
sem você
melhor, porque vc, sinceramente
não é a solução
enxerguei a tempo, então...

tantas mazelas, magrelas, camelos
fogo no isqueiro
que se apaga
e não dura
nada dura
mas o amor perdura
amor?? por quem?
eu não amo.
Simplesmente não amo.