Pular para o conteúdo principal

Rebeca DeHoney estrela "A Noite"


Sinopse:
Numa noite cansativa e de frustrações amorosas, Doida Summer (Rebeca DeHoney) resolve sair para a night com sua amiga Guapa Girl (Amandita Baker, em uma ótima atuação) e um amigo, Rã (Rá Oni). No bar, Doida se diverte por estar entre amigos e procura curtir a noite. Rã se assusta com as habilidades orais de suas amigas com o cigarro e a garrafa de cerveja. Ele entra na onda e demonstra suas habilidades com o copo.
Doida encontra um de seus amores-rolo, Mister Nice Guy (Rael Rose), eles se cumprimentam e continuam em seus lugares. Tudo está bem, até que Doida encontra Mister Perfect (C.J. Swords, à la Rodrigo Santoro em "As panteras", sem muita fala), seu ex e grande amor, que a chutou feito bola de FA. Ao cumprimentá-lo, Doida quase cai em cima do rapaz, mas se recupera e passa por ele, acompanhada dos amigos. O encontro a abala e ela começa a beber compulsivamente noite afora, além de fumar. A imagem de Mister Perfect não sai de sua cabeça pois, vestido em sua melhor beca, ele estava realmente Perfect.
Doida e amigos vão para o bar ao lado e lá, Doida percebe que Mister Nice Guy está lá também. Ainda pensando em Mister Perfect, Doida vai para fora do bar, acende um cigarro e bebe cerveja, tentando fazer ister Perfect vê-la, inutilmente. De volta ao bar, Doida, entre doses de cachaça e cigarros, fica mais doida e sobe na cadeira, dançando sensualmente.Todas as moças do bar estão fazendo isso, inclusive Guapa Girl, com suas próprias frustações internacionais, mas Doida se destaca por sua insensatez sensual. Ao avistar outra amiga no bar, Doida vai até ela e acaba agarrando e beijando a moça, constrangendo-a na frente de sua namorada e deixando que Mister Nice Guy pense que elas estão realmente ficando. Mister Nice Guy ignora Doida por ela, ao sair do banheiro, ter beijado um rapaz que passava. O beijo foi como dizer "oi" e Doida não deu muita importância, mas Mister Nice Guy se afoga, isto é, faz tempestade em copo d'agua e a ignora.
Frustrada, Doida percebe que Deus (Big Smile) está entre nós, isto é, no meio da multidão, e pede Sua benção. Também pede que Ele se comporte, já que Deus fica muito alegre ao ver as moças dançando por lá. Por fim, Doida vai embora com sus amigos, não sem antes ver Guapa Girl cuidando de um adolescente perdido na multidão. Na manhã seguinte, Doida encontra Guapa Girl e alega que não é gay.

Elenco:
 
Rebeca DeHoney como Doida Summer
Amandita Baker como Guapa Girl
C. J. Swords interpretando Mister Perfect
Rael Rose como Mister Nice Guy
Rá Oni no papel de Rã
Big Smile no papel do sorridente Deus.

Frases importantes no filme:

 - morra nas cinzas da sua idiotice!

- larga minha mulher!
- se eu voltar e vc tocar um dedo nela, ...


- nossa, mister Perfect tá tão bonito!
- ele não está, ele é bonito, lindo!
- nossa, ele é o homem mais bonito que vc ja pegou, Doida!

- porque o cigarro é um símbolo fálico...

- cabô a cerveja?
- desce mais uma aê!

- "permita que o amoooooorr invada a sua casa, coração!"

- Deus! Deus!...Deeeeeeeeeus! se comporta, Deus!
- Eu sou o que Sou! Tudo posso!

- agora mesmo q vou ficar com outra pessoa só porque vc falou que eu to ficando!

- vou la fora falar com ele!
- o que vc vai falar?
- sei lá...que ele é um idiota!

- vai tomar no (c)$! p%$#@, vai pra ponte q te partiu...(pensamentos altos para as musicas q a bandinha tava tocando)

- Eu não sou gay, sou muito macho! isto é, macha! isto é...ah vc ta me confundindo!!

Infelizmente, o filme esteve em cartaz somente por uma noite. A recepção critica teve boa, aplaudindo a atuação de Amandita Baker e também de Rebeca DeHoney, já em seu segundo (terceiro, quarto?) papel de Doida Summer. O filme deve ter sua continuação em qualquer uma dessas quartas ou quintas-feiras. Aguardem!

Comentários

Amanda... disse…
e ele?? se afogou ou nao se afogou? kkkkk Muito bom!!!!!
Amanda... disse…
Insensatez sensual?? hahahaha

E essa frustração internacional aí, hein?? deixe claro no seu post que vc está falando daquele meu primo italiano maravilhoso, viu..kkk

Postagens mais visitadas deste blog

A fase do não

Lídia tem me dito muito não ultimamente. E haja paciência para lidar com isso! Uma mulher que trabalha, tem casa, marido e uma filhinha pequena realmente tem problemas com ser paciente. Tudo que envolve ser uma boa mãe fica ameaçado quando não se pode dedicar-se à criança integralmente. E toda mãe tem, de dois, um dos sonhos: poder dedicar-se integralmente ao seu rebento ou sair para trabalhar sem sentir-se culpada. O primeiro ainda é possível de conseguir para algumas afortunadas; já o segundo... Bem vinda ao mundo da maternidade!

Bom, os nãos da Lídia só não são mais problemáticos porque sua alegria impera e nos contagia. Ainda bem que já estou de "férias" (duas semaninhas de julho) e posso acompanhar melhor a pequena com toda sua cantoria, obra da escolinha e dos videos da galinha pintadinha. Além da galinácea, no menu temos Peppa Pig, O show da Luna, Mundo Disney e por aí vai. Na festa da família na escolinha, a professora bem que tentou fazer os pequenos falarem os ver…

Personas

O top virou peça de dormir. O shortinho de academia, bem, uso em casa mesmo. A disposição pra levantar de manhã cedo e ir caminhar depois de colocar a filhotinha na van se foi, preciso dormir mais, obra do cansaço. Qualquer roupa tá bom. Me arrumar? Quando dá. Se der, deu, se não der, paciência.

Em pleno dia do rock, o dia foi pauleira mesmo. Muita prova de recuperação, aluno enchendo por causa de pontos, ter que manter a todo custo o aluno em sala de aula fazendo alguma coisa, ufs! Conselho de classe e entrega de notas foram pra agosto, thanks God! Mas o dia deixou suas marcas. Uma forte dor de cabeça me tomou desde cedo, tomei um remédio - sim, automediquei-me - e passou, mas me deixou um tanto ligada o comprimido marrom que contém cafeína.

Não tenho tempo para mim, mas tento. Estou fazendo um curso online de musicoterapia e a música é minha melhor terapia. canto mal, mas espanta mesmo os males! Não é fácil conciliar todas as personas: mulher, mãe, professora, esposa, dona de casa,…

Primeira postagem 2016

Nem me dei conta de que hoje foi sábado. Os dias aqui, para mim, passam como se fosse uma coisa só: todo dia, "nada" pra fazer - ócio criativo, talvez, apesar de que não tenho criado nada. Mas tenho visto e lido de um tudo: muitos filmes (Império, Transcendence, Mad Max, etc) e alguns livros (Conto de Natal, de Charles Dickens e sobretudo a Bíblia). Ganhei a Bíblia da Mulher e tenho me alimentado bem dela.
esqueci de pegar foto no face
Viajar pra casa dos pais é voltar ao passado infantil. É bom e mau ao mesmo tempo, nos deparamos sempre com algumas mágoas, algumas falhas, alguns concertos. Certas relações a gente não entende porque é do outro; briga, chora, grita, se enraivece e, por fim - maturidade! - aceita e toca o barco.
Tem chovido bem em Sampa. Hoje a água caiu mesmo. Minha mãe e irmã viajaram pra Goiás. E eu cá estou com a minha moreninha, esperando a boa vontade do governo estadual pra voltar pra Bh. Na verdade faremos uma ponte Viçosa-BH. É bom viajar a sós, só co…