Pular para o conteúdo principal

Show da PF - poeminha prosístico, ou o contrário?


Eu vi quem não devia, mas superei

conheci quem o conhecia, mas tudo bem

fingi ser quem não era, that's ok

pulei, dancei, curti, cantei, aproveitei

fiquei talvez com quem não devia, mas tá

é assim que é a vida, já...


inventei estórias de namorado que não existe

pra escapar de uma ficada triste

inventei briga com namorado

conversava com um, mas olhando pro lado

quis um, ficando com outro

um me deu cigarro, o outro fogo

quanto fogo...


na saída, não fui de carona na moto

nem tirei nenhuma foto

o amigo do cara tinha bebido

ele não ia se dar por vencido

e foi embora com o amigo

esperei perto do ponto de ônibus

chegar alguma lotação

era tarde na madrugada

ninguém ia me dar atenção

não tinha mais busão

fiquei na mão...


esperei até altas horas

e já ia amanhecer

apareceu um taxi por ali

mas não deu pra eu ir

muita gente pra pegar, pouco dinheiro no meu bolso

sentei no meio-fio

e esperei naquele canto vazio


Deus é bom e ajuda a gente

logo veio socorro

uns moços apareceram de repente

oferecendo carona

pode ser arriscado

pegar carona assim, sem ninguém do lado

e ainda com estranhos...

mas tudo correu bem

voltei pra casa sem

ter que gastar um centavo.


Valeu muito o show da Paula

menina canta d+, sô!

apesar dos contratempos

e das pausas em vários momentos

- brigas -

o show teve bão, como dizem os mineiros! 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

H. Pylori

A partir de hoje, se a grana deixar, minha dieta será essa aqui. Descobri, indo hoje ao médico, que tenho uma bactéria no estômago, na verdade uma bactéria comum que muita gente tem, mas que pode ou não se manifestar pro mal. É claro que no meu caso ela fez questão de ser do mal e se manifestar. Eu já tinha cortado bebidas alcoólicas, café e refrigerante, agora só falta remover o estômago mesmo. Sim, porque comer só frutas (não cítricas), legumes e vegetais sempre refogados, lembrar que isso ou aquilo tem gordura ou ataca o estômago, bom, é coisa de nutricionista, ou de gente antenada demais no que come. Cortar frituras também, que são superiormente mais saborosas que coisas cozidas, mas tudo bem. E pensar que tem gente se acabando no torresmo com cachaça sem nada lhes acontecer... Mais um capítulo da injustiça do universo contra mim. A vida sem sabor.
Duzentos mil atrasos hoje e o preço do remédio pra matar a bactéria me fizeram chorar de raiva e tristeza. Pergunto, como sempre, por…

Inutilidade pública - a história de Benê

O que é ser (in)útil?


Benê se sentia inútil. Vivendo de aluguel com uma gata e uma cadelinha, ia empurrando as coisas com a barriga (literalmente). Desempregado e acima do peso, gostava mesmo era de comer, jogar video game e conversar com friends pelo cell phone. A cadelinha era sua melhor companhia. de vez em quando gritava com ela, tocava-a de onde estava, mas ela logo voltava feliz lhe abanando o rabo. Já a gata não. Olhava-o com altivez, as vezes se roçava em suas pernas, recebia seu carinho e até dormia com ele, mas se irritada, arranhava-lhe sem dó e de repente. Benê tinha vários arranhões, mas amava aquela gata sem bem saber por que. De vez em quando ela dava um sumiço, mas sempre também voltava, com parcimônia. Estava sempre pronta para partir. 
Benê comia porcarias, e comida boa em quantidades rinocerônticas, mas gostaria de mudar se não fosse essa imensa, intensa e incontrolável fome que sentia. A comida era a única fonte e prazer que enxergava, rápida e concreta. Um dia pas…

Homens marinheiros

Marinheiro - Adriana Calcanhotto



O meu amor me deixou
levou minha identidade
não sei mais bem onde estou
nem onde há realidade

Ah, se eu fosse marinheiro
era eu quem tinha partido
mas meu coração ligeiro
não se teria partido

ou se partisse colava
com cola de maresia
eu amava e desamava
surpreso e com poesia

ah se eu fosse marinheiro
seria doce meu lar
não só o Rio de Janeiro
a imensidão e o mar

leste oeste norte sul
onde o homem se situa
quando o sol sobre o azul
ou quando no mar a lua

não buscaria conforto
nem juntaria dinheiro
um amor em cada porto

Ah se eu fosse marinheiro..
não pensaria em dinheiro
um amor em cada porto..
Ah se eu fosse marinheiro..

O meu amor me deixou,
levou minha identidade
nao sei mais bem onde estou
nem onde ha realidade

Ah, se eu fosse marinheiro
era eu quem tinha partido
mas meu coração ligeiro
nao se teria partido
ou se partisse colava
com cola de maresia

Homens são marinheiros, trabalhadores de um dia que vêm ,aportam, conquistam, usam, amam por uma noite e se vão…